TED WILSON ensina como gerenciar crises clique   arquivo .doc
(Presidente da Comissão de Gerenciamento de Crises)


Os pastores amarrados a uma folha de pagamentos tornam-se autênticos fantoches.
Ninguém se atreve sair fora do protocolo orquestrado pelo poderoso chefão. (filho de ex-presidente da GC)

Como esse vice-presidente da Conferência administra as crises ?
Proibindo a entrada de Ennis Meier no prédio da Conferência Geral.

Ennis Meier nunca retirou qualquer cópia de documento na Conferência Geral sem pagar 5 centavos de dólar por folha.
A alegação que Ennis Meier estava tirando documentos que não poderia publicar é apenas um pretexto, pois todos os documentos solicitados, foram eles mesmos que copiaram e cobraram por essas cópias.
Só descobriram que os documentos eram comprometedores, depois de publicados na Internet.



Há pouco mais de 3 anos, estacionei meu Toyota Corola no estacionamento da Conferência Geral.
Estranhamente um jovem de porte atlético (segurança) se aproximou agressivamente, perguntando o que eu desejava ? (em vários anos, nunca havia acontecido nada semelhante)

Na portaria, como de costume me dirigí ao livro de visitas para preencher os dados para obter o crachá de visitante, com a intenção de ir biblioteca.
"O senhor não pode entrar"  --- resmungou a senhora da portaria com um semblante diferente de costume. (pensei que estivessem fazendo alguma obra na biblioteca)

--- O senhor está retirando coisas que não poderia publicar.
--- A senhora sabe o meu nome ?
--- Ennis Meier, disse a senhora da portaria.
--- Posso falar com quem lhe deu a ordem ?
--- Não se encontra na General Conference, volte amanhã.

No dia seguinte o chefe da segurança, um senhor afro-americano muito educado, mandou que entrasse no seu escritório e por mais de 30 minutos ouviu as minhas razões .

---- Disse: Lamento, mas eu apenas cumpro ordens do vice-presidente TED WILSON.

TED WILSON por telefone se recusou a uma entrevista para explicar a sua ordem. Disse que não tinha explicações a dar, e nem razões para me ouvir.


A IASD sempre está acima do bem e do mal  !
A preocupação é exclusivamente com a imagem positiva da igreja.

O protocolo preparado pelo poderoso chefão Ted Wilson, jamais admite reconhecer
culpa; não admite assumir responsabilidades; não paga enterro da vítima
(dá uma esmola); e não indeniza a família da vítima entregue aos cuidados das
diaconizas da igreja.
Nem se refere ao dever de comunicar à autoridade em casos de ocorrência de crime.


No caso do Presidente da Associação, que no exercício do seu cargo atuou diretamente na morte
de 1000 adventistas, sempre se referiu ao "EX-PASTOR QUE ESTÁ SENDO ACUSADO"

No caso do médico da ADRA que empunhando um revolver assassinou um membro da igreja no pátio
do hospital, a recomendação do chefão é "dizer que esses obreiros negam a participação nos crimes
em que são acusados."


(depois, a ADRA faz uma favela para os orfãos, e nem sapatos dá para as crianças)

 




Como se faz um pregador de sucesso, e como se desfaz de um pregador de sucesso.

Não se pode negar o dom de atrair multidões do Pastor Bullón, mas também não se pode  negar a máquina que existe por tráz do seu sucesso.

Quem lê na Revista Adventista:
"Pastor Bullón batiza 2000 pessoas na Bolívia", poucos sabem que centenas de pastores locais receberam uma recomendação da administração para não batizar ninguém até a visita do Pastor Bullón, que deverá acontecer nos próximos 8 meses.

"Pastor Bullón reune 20 mil no estádio de Santiago !"
(depois de uma intensa proganda durante meses, envolvendo centenas de pastores)

Faz poucos anos, fizeram uma dessas campanhas publicitárias nas igrejas de Washington.
Converter um imigrante com dólares no bolso é um projeto bem mais audacioso, e nem sempre fadado ao sucesso. Muito diferente do que converter multidões na Bolívia, batizando gente que tem que pedir a Deus o pão que vai dar aos filhos no dia seguinte.
Os pastores latinos da região de Washington se empenharam num intenso trabalho de evangelização, que deveria culminar com a visita do Pastor Bullón.

O Pastor Bullón chegou a Washington com uma intuição profética, dizendo a todos que iria batizar 300 pessoas.

Chegou o dia esperado em que os condidatos deveriam ser levadas para um auditório especial, onde seria feito o apelo final.
Fizeram uma recomendação que os membros da igreja não deveriam ir a essa reunião, pois seria apenas para os candidatos ao batismo.
Providenciaram até condução especial para os candidatos, e os separaram dos amigos, acabando isolados e como "estranhos no ninho".

Depois de um insistente e comovente apelo, apenas 6 pessoas manifestaram o desejo de se batizar.
Terminada a campanha, promoveram uma confraternização dos pastores numa churrascaria de Silver Spring, onde os pastores devoraram um boi inteiro.

Bullón se encontrava bastante apático, pois batizar apenas 6 pessoas significava um fracasso.
Alguém, para quebrar o clima tenso, começou a jogar amendoin nos outros pastores e um amendoin acertou bem na careca do pastor Bullón, e todos cairam na gargalhada !
Bullón também levou na brincadeira, e daí para frente o clima se tornou mais ameno.

A confraternização dos pastores ficou conhecida como
"a guerra do amendoin".
 


Hugo Gambetta -
O estrelato do pastor Bullón faz rolar a cabeça do rival.

Hugo Gambetta é um pregador de sucesso, mesmo sem contar com o aparato denominacional.
Argentino, mas educado nos Estados Unidos, era também um ministerial de uma associação adventista de afro-americanos em Chicago.
Reunia multidões nos paises da América Central e frequentemente ia à Argentina, como convidado especial de igrejas, onde tinha muitos amigos e conhecidos.
Da mesma forma como as igrejas espanholas e brasileiras pagam para o pastor Bullón ir pregar nos Estados Unidos, igrejas da Argentina pagavam para o pastor Hugo Gambetta ir pregar na Argentina. --- A grande diferença era que, embora fossem casos semelhantes, um era normal e outro corrupção. (as igrejas adventistas argentinas, supostamente estavam desviando o dinheiro do dízimo e das ofertas)

As incursões do pastor Hugo Gambetta na área de influência do pastor Bullón não eram bem recebidas e certamente estavam ofuscando o seu
estrelato, razão pela qual a Divisão fez circular entre as associações, cartas proibindo o acesso ao púlpito do pastor Hugo Gambetta, inclusive associando o seu nome ao desvio de dízimo. (temos uma cópia dessas cartas circulares que inclue o nome do pastor Gambetta e dois outros nomes, sendo que um deles exigiu judicialmente a retratação por escrito, pelas ofensas contidas na carta)

Entre supor que os membros de igrejas argentinas estavam usando dinheiro do dízimo para pagar as suas viagens, e acusar o pastor Hugo Gambetta de estar recolhendo dízimos indevidamente, para os administradores é quase a mesma coisa !

(faz alguns anos a igreja brasileira de
6800 Adelphi Rd, Hyattsville, MD., pagou passagem e estadia para o pastor Bullón fazer uma semana de oração naquela igreja)
                             
Muito estranho, um pastor credenciado pela igreja Adventista e Ministerial da Associação dos Lagos em Chicago, ser proibido de pregar em toda a América do Sul !

Por críticas à administração, era de se prever que o pastor Hugo Gambetta não teria vida longa na obra, e na primeira oportunidade o demitiram.  --- Andou empregando pastores perseguidos na Argentina, e encontraram o pretexto que procuravam para tirá-lo da obra.







e-mail de 12 de março de 2007

Que Cristo te dê a Paz.
Apesar de ter sido alterado a crença na Divindade, colocando a palavra TRINDADE e a mesma estar publicada no Year BOOK de 1931. Essa crença só se tornou oficialmente estabelecida em 1980, na Conferência Geral de Dallas. POR QUE ?

Resposta: Veja o último quadro da página http://www.alvorada.us/  e o link indicado no quadro.
Um absurdo semelhante, onde 4 homens mudam a doutrina de uma igreja, não acontece nem em Roma, com todo o absulutismo papal.
Obviamente, teria que acontecer 49 anos de lutas e perseguições, sendo que hoje os adventistas desconhecem completamente essa luta pela verdade na IASD.

 



Adventist Review
   (revista adventista americana)
http://www.adventistreview.com/article.php?id=1040


A revista noticia o episódio trágico de Joinville, mas não diz que o pastor em vez de assumir o
comando das providências, (numa situação de extrema gravidade) ao contrário, displicentemente
continuou a dirigir a reunião e delegou a terceiros a sua responsabilidade.



Bullhonadas: (teologia de algibeira) 
O Ministerial da Divisão, Alejandro Bullón, é o pastor encarregado de orientar os pastores na
América do Sul, onde os Adventistas tem o maior número de membros em todo o mundo.  (
2.591.851)

Observe, que os seus ensinamentos trinitarianos não se fundamentam na Bíblia,
e se chocam de
frente com o que Jesus disse em João 14:28.
   Fala com toda autoridade, baseado em "comprovações
históricas" ... que acabou de sacar da sua algibeira !







A IASD nos USA é minoria !
Compare quantos membros tem a IASD nos US = 1,030,361 (Divisão Norte Americana, que inclue
Canadá)


A igreja Católica é a que mais cresce nos Estados Unidos, a despeito dos
escândalos sexuais !

The top 10 largest U.S. churches include:
    -- The Roman Catholic Church--69,135,254
    -- The Southern Baptist Convention--16,270,315
    -- The United Methodist Church--8,075,010
    -- The Church of Jesus Christ of Latter-day Saints--5,690,672
    -- The Church of God in Christ--5,499,875
    -- National Baptist Convention, USA, Inc.--5,000,000
    -- Evangelical Lutheran Church in America--4,850,776
    -- National Baptist Convention of America--3,500,000
    -- Presbyterian Church (USA)--3,098,842
    -- Assemblies of God--2,830,861


http://www.adventistreview.com/article.php?id=1038 
(origem da informação)

Judeus nos Estados Unidos = 5.7 milhões em 2002








Tentou sair do atoleiro, e caiu num maior !  --- O que Jesus disse não vale nada !

"Historicamente, está comprovado que a idéia de que
'Jesus é menor que o Pai e que o Espírito Santo não é
Deus' é uma idéia pagã recebida dos gregos."


Ora, Pastor Alejandro Bullón, ... o que Jesus disse não vale nada ?  

João 14:28 "Ouvistes que eu vos disse: Vou, e venho para vós. Se me
amásseis, certamente exultaríeis porque eu disse: Vou para o Pai; porque meu
Pai é maior do que eu."  



Onde a idéia que o Espírito Santo é Deus, está escrita na Bíblia ?


---  Os gregos tinham outros deuses e siquer tinham ouvido sobre Jesus quando o apóstolo Paulo andou
por lá !  (nada sabiam sobre o Deus verdadeiro)
(... quanto mais formular teorias no cristianismo, quando nem conheciam nada sobre Jesus ou Espírito Santo)

Onde o Pastor Bullón aprendeu tamanha besteira ?


Bulhonadas 1.
  clique   (veja segundo parágrafo)

Bulhonadas 2.   
clique

O Ministerial da Divisão Sul Americana, Alejandro Bullón, deveria ter alguma formação teológica, e não viver se
expondo ao ridículo.
Nunca deveria vir a público afirmar que o "dízimo é a árvore da ciência do bem e do mal", e muito menos contrariar
as exatas palavras de Jesus, ao dizer que "o Pai era maior do que ele".  (João 14:28)
Os problemas do Pastor Bullón não se limitam ao pouco conhecimento da doutrina, mas também está ligado a
corrupção administrativa.--- Poderia comprovar com documentos, um caso de obreiro vivendo em adultério,
patrocinado pelo Pastor Bullón.  



e-mail de 10 de março de 2007
Caro Irmão Ennis Meier,
Se percebe claramente, que o Pastor Alejandro Bullón, não tem o traquejo
necessário para lidar com situações constrangedoras e acaba criando mais
embaraços para os sábios em divindade e apaixonados pela trindade
católica.
Talvés um descanso merecido em um convento com cantos gregorianos lhe
restaure e o prepare melhor para dar respostas convincentes.


Resposta:
O venerável posto de "Ministerial da Divisão" é uma gratidão da administração pela sua lealdade na Inconfidência
Peruana
onde riscaram da igreja 4 mil membros.
Fato aliás, que o  Pastor Bullón lembra com muita satisfação.
Não sei precisar o ano, 25 ou 30 anos atrás, os pastores adventistas peruanos cançados dos previlégios e mazelas
dos dirigentes americanos, (presidentes de uniões obrigatoriamente tinham que ser americanos) encontraram uma
brecha na lei peruana e nacionalizaram a igreja Adventista no Perú. (descumprimento de um registro governamental
a cada 10 anos)  

Por algum tempo a obra adventista no Perú não esteve ligada hierarquicamente à Roma (digo, Washington) 
---- Durante vários anos havia 2 igrejas adventistas no Perú: (com o mesmo nome)  Uma leal a Washington,
e outra genuinamnte peruana. (inclusive tomaram as propriedades)
Instalou-se uma hercúlea batalha jurídica, que após muitos anos a administração de Washinton prevaleceu.

Chegou então a hora da vindita
, em que todos os membros da igreja nacionalista foram excluidos.
---- 4000  (Bullón, eufórico ainda comemora o trofeu)

(dizem que esse movimento nacionalista ainda existe)
O Pastor Bullón foi um proiminente herói da resistência legalista pró-americanos, e hoje lhe retribuen a lealdade.

No Brasil, só não aconteceu coisa semelhante, porque não havia uma tal lei, que precisavam renovar a licença a
cada 10 anos.
Para encurtar um capítulo da história adventista brasileira, os chefes tinham que ser americanos. Eram cheios de
previlégios e imunidades.
Havia um presidente da União Este Brasileira que tinha várias mulheres, e por ser americano, era simplesmente
intocável.
--- Saiu da obra quando quiz, porque estava atrapalhando os seus negócios. (se deu o luxo de abrir
mão da indenização e aposentadoria)


Nota:
A história da Inconfidência Peruana me foi relatada por um primo, que na época era missionário no Perú.




Joinville:
A atitude do pastor ao continuar a programação normal no cenário de um
crime acontecendo, mostra no mínimo pouco caso, irresponsabilidade e displicência !

O pastor (ele mesmo) é quem deveria assumir o comando das providências urgentes: Socorro à vítima, deter
o criminoso em flagrante, e chamar a polícia.

A falta de comando num momento de extrema gravidade, deixando que terceiros tomassem as providências,
com certeza deu o tempo necessário para que o criminoso se evadisse do local do crime.

O pastor estava sabendo que ao seu lado acabavam de matar uma pessoa, e que a responsabilidade das
providências era inteiramente sua.





 Dr. Gerad Ntakirutimana --- Médico da ADRA condenado a 25 anos de reclusão pelo Tribunal Internacional da
ONU.
Acusa
ção principal: O Dr. Gerard, portando uma arma de fogo, matou um membro da igreja Adventista que se encontrava
no pátio do Hospital Adventista em kibuye. (Rwanda)
Motivação para o crime: Ódio tribal.
A administração da igreja não tomou conhecimento das denúncias, e lhe deu trabalho na Costa do Marfin. 
Após o crime, ainda trabalhou na ADRA durante 4 anos, até que foi preso em 1998.





As fatalidades acontecem no mundo em que vivemos.
A IASD composta de seres humanos e falíveis, não está livre das fatalidades.

No caso do Pastor Elizaphan Ntakirutimana, logo que a imprensa internacional soube do seu comprometimento nas 1000
mortes ocorridas dentro de uma igreja Adventista
, a administração da igreja em Silver Spring foi procurada para se
pronunciar a respeito.

A resposta foi muito semelhante ao comunicado oficial sobre o caso de Joinville: Uma breve lamentação pelo
ocorrido, e um discurso inteiro enaltecendo as virtudes da igreja no mundo todo.

http://www.portaladventista.com/asn/index.php?option=com_content&task=view&id=232&Itemid=1


Quando a igreja Anglicana soube de alguma implicação da sua administração na carnificina de Rwanda, o arcebispo
Carrey (dirigente máximo da igreja) foi pessoalmente à Rwanda organizar uma investigação.

A igreja Adventista mundial em seu primeiro comunicado à imprensa, se eximiu de qualquer responsabilidade no que
ocorreu, e se limitou à consultas ao presidente da união adventista na Tanzânia. (país visinho)

Roberto S. Folkenberg (Presidente da CG) foi pouco depois à Tanzânia, e enviou à Rwanda um brasileiro que ocupava
uma posição elevada na ADRA.
Esse brasileiro dirigente da ADRA, que frequentemente era encontrado bebado nas ruas de Silver Spring, (mais tarde
tentou suicídio) em declaração à imprensa, colocou dúvida o clamor dos adventistas que tinham escapado à chacina.
Disse que "naquela confusão, não dava para saber quem estava dizendo a verdade."

O que se esperava da administração, em vez de sacudir qualquer responsabilidade no caso, era justamente o contrário:
Assumir a responsabilidade pela tragédia dentro de uma igreja Adventista, e promover uma rigorosa investigação. (inclusive
nomeando investigadores independentes)  --- Depois publicar os resultados. 

Fazer como fez no caso do "Veltman Report" na época, e não como faz hoje, ignorando esse documento, e só fala no
parecer jurídico que custou 20 mil dólares, preparado por um advogado que até hoje trabalha para a Conferência Geral.

Mais tarde um diretor da Conferência Geral, me contou que foi uma comissão de pastores a Laredo no Texas, interrogar o
Pastor Elizaphan. (já muito tarde, para salvar a imagem da administração)

Assim me disse o diretor da CG:
"Ele simplesmente nega qualquer participação nas mortes, mas as testemunhas adventistas afirmam, que
viram o pastor dentro da viatura dos guerrilheiros, de óculos escuro, mostrando onde eram as casas dos
membros da igreja, que supostamente ainda estavam escondidos nas montanhas."

Nos dias que se seguiram à chacinha dentro da igreja, os que fugiram para as montanhas que ficam atrás da igreja,
voltavam buscar alimentos nas suas casas e nas suas plantações. Os guerrilheiros orientados pelo pastor Elizaphan
ficavam de tocaia esperando, e muitos foram mortos dessa forma.

Outro incidente relatado pelas testemunhas no Tribunal de Arusha, foi a autorização do pastor para derrubarem o forro
de uma igreja adventista próxima, onde muitos adventistas estavam escondidos. ---  Todos foram mortos como ratos !

O pastor Elizaphan quanto soube da instauração de um Tribunal Internacional da ONU para apurar o caso, fugiu para
a casa de um filho médico, em Laredo, Texas.
No Year Book de 1996 ainda consta o nome do pastor como o Presidente da Associação Adventista de Kibuye,
Rwanda, quando de fato nem estava mais no país, numa demonstração caprixosa da administração, como aval
da sua inocência.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Portão de entrada do azilo da ADRA
"A Esperança"
  (... é a última que morre)
Nem sapato a ADRA dá para as crianças !

 

Em 1999 a Conferência Geral fez uma reunião de caráter mundial em Fóz do Iguaçú, com a presença do Presidente Roberto S. Folkenberg.
Trouxeram de Rwanda a viuva de um obreiro da ADRA, cujo marido tinha sido assassinado poucos meses antes.
Em seção solene condecoraram a viuva com uma medalha de mérito. (tivemos em nossas páginas a foto da condecoração)
Porém, nenhuma palavra foi dita em memória aos 1000 adventistas mortos pela ação direta do Presidente da Associação Adventista de Kibuye.

A Conferência Geral anos mais tarde mandou um dos Sarli à Rwanda pregar sobre "reconciliação".
O filho do professor Gerson Pires (médico) esteve um tempo em Kibuye. (Rwanda)
Escreveu na Revista Adventista que no hospital faltava tudo --- Muitas promessas, mas nada efetivo, além de algumas poucas doações particulares.

O único que a administração fez para se redimir da culpa, foi uma favela, onde mantem os orfãos da tragédia.
 








Há bom tempo o diabo anda frequentando a IASD

Laudo constatou violência sexual em menina morta em Joinville.

Menina de 1 ano e 7 meses encontrada morta no tanque batismal da Igreja Adventista, numa renunião em que 200 pessoas assistiam ao culto.
(igreja Adventista do bairro
Iririú de Joinville)
http://oglobo.globo.com/pais/mat/2007/03/04/294795748.asp

 


e-mail de 6 de março de 2007

Por questão de justiça e apego à verdade, o sr. deveria publicar em seu site a declaração oficial da IASD, publicada ontem, um dia após o lamentável crime. O endereço é:
http://www.portaladventista.com/asn/index.php?option=com_content&task=view&id=232&Itemid=1


Resposta: Nossa manchete (acima) não significa alguma tentativa em atribuir qualquer responsabilidade à administração, no lamentável crime ocorrido em Joinville.

A declaração do link acima não acrescenta nada. ---
A administração não faz jus a nenhum louvor pela sua declaração oficial.

Não se trata de um caso semelhante ao do Pastor Elizaphan Ntakirutimana, (Rwanda) em que
a administração sabia do seu envolvimento na morte de 1000 (MIL) adventistas, e procurou esconder.

No princípio do ano de 1995 um diretor da Conferência Geral me relatou o episódio de Rwanda pessoalmente, (Ennis Meier --- em Silver Spring, Maryland) antes que eu tivesse conhecimento por outras fontes. Só fui saber mais detalhes, quando o Pastor Ntakirutimana foi preso em Laredo, no Texas.
O diretor da CG contou que um pastor Adventista estava sendo acusado como implicado na morte de 1000 membros da sua igreja.

Não só isso, mas a administração manteve o Pastor Elizaphan Ntakirutimana quase 2 anos no cargo de Presidente da Associação de Kibuye, a despeito do clamor dos adventistas que sobreviveram à chacina.
A atitude arrogante da administração, teve a intenção de demonstrar a sua confiança no pastor.
(a prova está no Yearbook de 1996, sendo que o pastor continuou a praticar crimes, depois de 16 de abril de 1994) 

A administração não investigou, e por omissão deu condições para o pastor continuar a praticar crimes no exercício de suas funções de Presidente de Associação Adventista.

Quem acompanhou o processo de Arusha, na Tanzânia, sabe que o Promotor do Tribunal, Charles Adeogun Phillips (of the United Kingdom) insistiu na responsabilidade da igreja Adventista, e não faltou muito para haver denúncias nessa direção.
Se o advogado dos réus não fosse Ramsey Clark ,  ex-procurador geral de justiça dos Estados Unidos, (advogado de milhões de dólares) talvez os resultados poderiam ser mais abrangentes.

A presumida inocência do pastor era sustentada na arrogância administrativa, e na impunidade reinante num país pobre, e em completa desordem. As possibilidades de haver justiça eram muito remotas, e nem a administração se preocupava com tal eventualidade.

Mas, as coisas mudaram quando a ONU instaurou um Tribunal Intrnacional para apurar os crimes cometidos em Rwanda.
Quando um juiz de Laredo mandou soltar o pastor Ntakirutimana, o website da CG que nada tinha dito sobre o caso antes, celebrou: - Sabiamos da inocência do pastor, e que finalmente haveria justiça !   
Poucos dias mais tarde a liberdade condicional foi revogada, e meses depois os Estados Unidos extraditaram o pastor para ser julgado em Arusha, na Tanzânia.--- O pastor foi condenado !




5 de Março 2007

Caro Irmão Ennis Meier
Apreciaria Saber:
Quando da introdução da apostasia Alfa na IASD, Deus manifestou seu
descontentamento destruindo sua principal editora.

Estamos em pleno Ômega na IADS, há indicações ao redor mundo
de que está se manifestando alguma evidencias de descontentamento
da parte de Deus Pai?
No caso específico ocorrido em Joinville, se caracteriza como falta de
proteção Divina?


É sabido que a Igreja do citado caso, havia passado por uma  reforma
e que este sábado passado seria comemorativo. Fico a imaginar a
imaginação e angústia das pessoas ao presenciarem novos batismos.
sou grato pela sua manifestação,


Resposta:  Embora a resposta seja óbvia, não me atrevo julgar.

Faz alguns anos um pastor adventista no México fez um batismo, e ao fazer a oração final
morreu eletrocutado diante de toda a congregação, ao pegar no microfone.
Nesse caso houve uma imprudência clamorosa !
Um caso semelhante também aconteceu nos Estados Unidos.






 

Melquizedeque também é COETERNO, e semelhante à Trindade !
Beaseados no critério de como um deus é identificado pelos trinitarianos, (pelos característicos)  vem chegando o dia em que os Adventistas vão fazer orações para Melquizedeque.
 



O erro sistemático dos trinitarianos na avaliação bíblica, e o desprezado 4º deus dos adventistas: Melquizedeque.

O depoimento de gente não envolvida na polêmica da Trindade, tal como a revista VEJA, e da Enciclopédia Britânica, é importante para mostrar as raizes do questionamento.

"Erros", é um capítulo muito importante no estudo da física. --- Há erros absolutos, acidentais, sistemáticos, e etc.
Os erros são constatados na avaliação dos resultados.




"Erro sistemático"
---
Erro constante característico do processo, ou instrumento.

São erros que são causados por uma avaliação inadequada, e podem ser eliminados.
Em outras palavras, a lógica dos trinitarianos é fundamentada em pontos frágeis, e passíveis de contestação.

As doutrinas trinitarianas são baseadas em deduções, (conclusões) e não em afirmações claras e diretas encontradas no texto bíblico.

Segundo a lógica trinitariana, não há razão escriturística porque Melquizedeque (Hebreus 7:1 a 3) não seja considerado o quarto deus na igreja Adventista.


Melquizedeque, também COETERNO, e semelhante à Trindade:

"3. sem pai, sem mãe, sem genealogia; que não teve princípio de dias, sem fim de existência, entretanto feito semelhante ao Filho de Deus, permanece sacerdote perpetuamente."



(exceto uns poucos textos em traduções manipuladas pela igreja Católica, que chamam Jesus de Deus. ---- Textos que são conflitantes com afirmações de um "Deus único", e que não aparecem em todas as traduções)



A doutrina da Trindade é derivada de um erro sistemático, causada por um defeito na avaliação; vale o que o leitor deduz, e não o que está afirmado na Bíblia.

A questão começa com a dificuldade em se definir o que significa a palavra "Deus". ---- É um nome próprio, ou adjetivo, que simplesmente atribue qualidade, modificando o substantivo.
Sendo mero adjetivo, não haveria porque escrever Deus com letra maiúscula.

Quando usamos a palavra Deus, trata-se de um substantivo: NOME PRÓPRIO.

Porém, não é o que acontece com os trinitarianos, que entendem a palavra "Deus" como um simples adjetivo.
Para os trinitarianos, cada um dos personagens tem o seu nome próprio: Pai, Filho, Espírito Santo.
Para os trinitarianos, a palavra "Deus" significa um consórcio de 3 seres divinos, e não se trata de um nome próprio.

Em Hebreus 7:1 a 3, não apresenta Melquizedeque como Deus, e simplesmente se refere a característicos de um personagem. Mais que isso, descreve Melquizedeque: "feito semelhante ao Filho de Deus".

Os trinitariamos que então aceitem Melquizedeque como o quarto deus, ou fica evidente haver um erro sistemático de avaliação, ao determinar quem são os personagens que compõem a divindade.


A questão se resume no seguinte:
---  Deus é identificado na Bíblia por afirmações claras, diretas e definidas?
ou, é identificado pelo critério do leitor, procurando identificar personagens que ele entende ter atributos de Deus.

Jesus embora tenha vários atributos iguais a Deus, pelo seu próprio testemunho, e por muitas outras afirmações bíblicas, esses atributos são derivados, (procedem) do próprio Deus Pai.  --- Os poderes e atributos de Jesus são outorgados pelo Pai.





O instinto social agregário

Para muitos adventistas, esse instinto é a principal razão para ir à igreja.
A mesma razão que leva o pescador a convidar um amigo para pescar no fim de semana.

Há outros instintos mais fortes, como a preservação da vida, o instinto sexual e outros, mas ninguém gosta de ficar sozinho.
Mais especificamente, ninguém gosta de pensar sozinho.

Nós pensamos e entendemos o mundo fazendo paralelos com as experiências de outras pessoas.

Jesus ordenou aos discípulos sairem de dois em dois.
As pessoas gostam de compartilhar as experiências, contando a um amigo o que lhe aconteceu.

A questão é, até que ponto a nossa religião está vinculada ao instinto social agregário?

O outro lado do instinto social agregário, é quanto você se sente tão estranho ao meio, que prefere ficar sozinho.

Concordo com o Dr. Jean, quando ele acha que chegou o momento de se afastar da igreja Adventista.
Não há mais afinidades e nem razões lógicas para frequentar uma igreja que prega uma "verdade" diferente daquela que ele aprendeu na Bíblia.

Uma igreja incoerente com a Bíblia, incoerente com o primeiro mandamento da lei de Deus, e ainda incoerente com a sua própria história.

Uma coisa, é dizer que os pioneiros eram semi-arianos e trouxeram os erros das igrejas de onde vieram. 
Outra coisa, é mudar de deus 100 anos depois de fundada, execrando os seus fundadores e expulsando todos os que não se dispõe atender ao comando
: "volta volver".  

Há muita gente pregando o evangelho, e tratando de temas importantes do cristianismo, e praticamente ninguém alertando sobre os perigos da apostasia da igreja Adventista.

Há cerca de 5 anos, quando entrei no prédio da Conferência Geral com a intenção de procurar provas das mudanças na doutrina adventista, eu sabia a importância do que estava procurando.

Da mesma forma como levou muitos anos para eu entender a importância da mudança na doutrina, vai levar ainda muito tempo para avaliarmos as consequências desastrosas dessa mudança.

Nota
Dos 13 documentos apresentados pelo Dr.Jean
em seu livro, (link abaixo) 12 foram copiados dos originais, por ocasião da nossa pesquisa na Conferência Geral.(Silver Spring, Maryland)
O artigo da revista Ministry (13º documento) originalmente encontramos em inglês, sendo que alguém coseguiu a versão em português.
A carta de William White é uma cópia arquivada no White Estate, porém com a assinatura original do autor da carta.
A razão de procurarmos essa carta durante várias horas, foi por uma simples referência na Internet, apontando como uma prova "desconcertante", contra a administração que alega o trinitarismo de Ellen White.

Conseguí os referidos documentos graças a várias coincidências
: morava a 2 milhas da Conferência Geral, e a infelicidade (melhor, felicidade) de ter perdido um emprego, e poder viver durante um bom tempo recebendo um razoável Seguro Desemprego. --- Não fosse a contribuição desses 3 fatores, a nossa pesquisa que durou vários meses, possivelmente não teria acontecido. 
Antes, morando no mesmo local por 10 anos, o horário do trabalho entrava em conflito com os horários em que as bibliotecas e arquivos da Conferência Geral são franqueados a visitantes.








As pedras clamarão !



   
Na revista VEJA  desta semana   clique
  
"Observe: Essa questão não está posta nos Evangelhos"   
(afirma a revista VEJA, sobre a Trindade)

 
"Os homens estavam acostumados a se relacionar com deuses, no plural. Foi a própria igreja quem estimulou esse caminho de mediação entre o homem e a crença cristã por meio da 'santidade' . Ou seja, emprestou o seu monoteismo uma característica politeista, para ganhar um maior número de adeptos".

Se você tem internet rápida, clique aqui para ler com mais nitidez




e-mail 2 de março 2007 

Boa tarde irmão!!!
Como tens passado, espero que cheiode saúde...
Bem dei uma olhada na matéria dessa semana na revista VEJA e achei interessante como o outor aborda o tema de maneira clara sobre o assunto da divindidade. è interessante como as coisas se relacionam de maneira conclusiva....
Mas gostaria de saber sua opinião sobre o que te impressionou ?
E  parece meio assustador como as coisas estão tomando o rumo ... 


Resposta: O que me impreciona não é o fato de haver gente de fora que conhece a verdade.
Me impressiona o fato de como a IASD se deixou envolver nas teorias da igreja Católica.
Os teólogos da IASD distrairam os membros com calculos complicados sobre profecias, nem sempre interpretadas corretamente, e desviaram a atenção das coisas simples.
Uma delas, é entender a Bíblia na forma direta como está escrita, exemplo:
"Não terás outros deuses diante de mim."

"Há um só Deus e Jesus Cristo."
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que enviou o seu Filho unigênito, para todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna".

Etc. etc.
 

 

 

Adeus, IASD!
Prof. Dr. Jean Alves Cabral Macedo

"...Os adventistas me adoeceram! Esta religião ensinou-me a odiar o catolicismo romano e a tratar todos os defensores de Roma e do Vaticano com uma atitude agressiva e mordaz. Tornei-me expert em destruir os frágeis argumentos católicos sobre doutrina e apologética. Minha satisfação era tirar católicos de lá e trazê-los para o adventismo.

"Mas, de repente eu descubro que somos cheios de imundícies também; que nossa organização tem pilantras e patifes como em qualquer outro lugar e que há politicagem safada e sem vergonha em nosso meio como tem em toda parte? De repente eu descubro que há um montão de pastores adventistas que mandam a gente ler os escritos de Ellen G. White por nós mesmos e quando terminamos de ler pretendem obrigar-nos a pensar como eles pensam e nos incriminam e perseguem porque somos livres para pensar diferente do staff administrativo?..."

 

 

Leia o livro:
A Doutrina da Divindade na Igreja Adventista do Sétimo Dia
Prof. Dr. Jean Alves Cabral Macedo


clique:  arquivo .doc  2.82 Mb.



Concordo com quase tudo que o Dr. Jean escreveu.

O
www.alvorada.us  é um arquivo, onde estão os documentos mostrados no livro do Dr. Jean.
O website não passa de um livro, onde raramente fazemos modificações. (pretendemos reforma-lo dando uma forma mais didática)

No
www.adventistas.ws  mantemos um canal aberto, onde as pessoas se encontram e podem trocar idéias. Podem criticar e expor os seus pontos de vista. Publicamos cartas, contra e a favor. --- A verdade é apresentada de forma dinâmica.
O website é um ponto de encontro; não é uma igreja, e nem tem finalidades devocionais.

Na igreja Adventista, só tem acesso ao microfone, ao púlpito e a Revista Adventista, os que rezam pela cartilha da administração.
Quando a igreja exclue algum membro que não aceita a Trindade, a principal intenção é rapidamente cortar o canal de comunicação entre esse membro e a comunidade. (uma  assepcia temendo uma contaminação)

Por esta razão achamos muito importante manter um canal aberto em assuntos que até hoje foram tabú na IASD: a glorificação de Ellen White, e a doutrina da Trindade.

Se há alguém que aprendeu alguma coisa nessa página da Internet, chama-se Ennis Meier. (ninguém me engana mais)

A administração da igreja adoraria que mudassemos de assunto.  Mas, acho que está equivocada, pois nossa intenção é continuar enquanto estivermos pelo planeta Terra.
Dessa vez não vai acontecer como o livro "The White Lie" que poucos anos depois caiu no esquecimento.
Os dirigentes da IASD vão ouvir ainda por um bom tempo, alguém chamá-los de politeistas e enganadores.


Uma pequena correção na página 51:

William White quando morreu em 1937 era o diretor do White Estate. Foi trabalhar até o dia anterior à sua morte.





O material que tenho em mãos, fruto dessa pesquisa é “impressionante”, “assustador”, e “constrangedor” para os ASD. Ele está sendo organizado, para oportunamente ser enviado para você.
Veja novas confirmações: 
Clique 

Não sou contra Ellen White, mas a administração perdeu o rumo ! 
 (escreve o leitor)
   
Adventista envia 95 objeções contra Ellen White -

      
Veja as justificativas das objeções : --- clique   arquivo.doc
      

     M
ais justificativas contra Ellen White: - clique   arquivo.doc


       Ennis Meier discorda do autor do e-mail apenas quando diz: "na minha opinião, a Igreja adventista ainda está no grupo das igrejas que “procuram” seguir a Bíblia de perto."

Quem adora a Trindade está loge da Bíblia !

Outras religiões o fazem talvez por falta de conhecimento.
A Igreja Adventista deixou o Deus verdadeiro para ir atrás de fábulas !
Depois de identificar a doutrina da Trindade como uma doutrina de demônios, hoje é o deus dos adventistas.





The Dynamics of Inspiration

A Close Look at the Messages of Ellen White

(o primo esqueceu de tratar da "inspiração no livro dos outros")
Clique
(em inglês)

O artigo tem o seu valor, mas procura justificar em exemplos bíblicos, os erros de Ellen White.
Da mesma forma como existem dúvidas sobre a autenticidade de alguns escritos de Ellen White, quanto a procedência,
(tendo sido meramente copiados) também há dúvidas sobre as suas visões.  --- Uma visão é para esclarecer e não para confundir, como o caso da "visão da porta fechada".


Você sabe onde está o limite entre a cópia e a inspiração ? --- Nós não sabemos também.
Ellen White alegar que era inspirada por Deus e mais tarde constatarem ser viciada em copiar de outros autores, certamente desfigurou o seu pretendido dom de profecia.
Não obstante, não podemos acusá-la de ter corrompido as doutrinas bíblicas. Nem mesmo deu margem para introduzirem a doutrina da Trindade, 15 anos depois da sua morte. (de forma oficiosa)


A
lguns vão ao extremo em afirmar que o movimento Adventista sem Ellen White, perde totalmente a identidade de igreja verdadeira.
Seria o mesmo que não reconhecer o Israel antigo como o povo de Deus, pelos erros de reis que levaram o povo à idolatria.

Na realidade não se pode acusar Ellen White de ter sido um fator de corrupção na Igreja Adventista. Ao contrário, há que se reconhecer o valor dos seus livros.

Embora haja muitas questões não respondidas quanto aos seus escritos e quando ao seu comportamento, uma cuidadosa análise mostra que as distorções foram causadas sempre pela administração da igreja.  

A administração sempre colocou Ellen White numa redoma de cristal, quando ela era de carne e ossos, e falível como todos os mortais.
Diz que era falível, apenas em tese, pois nunca reconheceu erros específicos.
A administração incentivou e permitiu a glorificação de Ellen White.

Embora neguém, os escritos de Ellen White foram postos lado a lado com a Bíblia, sendo mencionados numa proposção de 5 para 1 em desvantagem do livro sagrado.

Faz 10 dias estive na loja ABC da associação Potomac, distante uma milha da Conferência Geral.
É impressionante constatar a influência direta e indireta de Ellen White sobre toda a publicação adventista.
Além das dezenas de livros sobre a vida de Ellen White, e os 100 novos títulos assinados por Ellen White, (embora tenha morrido há 90 anos) outros autores procuram incluir o nome Ellen White no título de seus livros, procurando tirar vantagem da fantástica propaganda em torno do nome.

As amargas lições do passado foram desprezadas, e hoje a administração mais uma vez espera que todos esqueçam rapidamente o vexame da mudança da doutrina, e a constrangedora situação de ver a sua profetisa massacrada em milhares de página da Internet.



 



       As razões pelas quais a igreja de Laudiceia foi condenada em Apocalipse 3:14-16  (arquivo .doc demorado)

Laudiceia 1
1.52 Mb
Laudiceia 2
1.13 Mb
Laudiceia 3
1.89 Mb
Laudiceia 4
1.87 Mb
Laudiceia 5
1.01 Mb
A figura de linguagem "vomitar" não poderia significar menos que uma rejeição definitiva.
Quando Jesus voltar, a igreja verdadeira não será identificada por uma marca registrada, ou por uma profecia disputada por adventistas, mormons, testemunhas de Jeová, etc., ou ainda por religiões que fazem do dízimo o preço da entrada no paraiso.

"Aqui está a perseverança dos santos, os guardam os mandamentos de Deus e tem a fé de Jesus" --- Apoc. 14:12


"Guardar os mandamentos de Deus" não significa apenas o 4º mandamento. --- O Autor da lei se identifica no singular, (Êxodo 10:1 e 2)  e não admite outros deuses.

A Igreja Adventista tornou-se uma igreja politeista e pagã, igual a todas as outras. (na exata definição dos dicionários)






e-mail de 22 de fevereiro de 2007

Apocalipse 14:12, é um texto muito falando entre os adventistas, porém sem entendimento.     Os adventistas querem se apropriar deste texto para nele firmar a exclusividade de ser o “povo” remanescente, todavia este texto desmascara a pretensa afirmação de ser a “igreja” ou  o povo exclusivo do Eterno.

Se colocarmos o texto de Apocalipse 14:12 em paralelo, com outros textos da bíblia, veremos cair por terra a afirmação dos adventistas!

Exemplo: João 4:21-23, o mestre afirma claramente a sua fé monoteísta, quando ele diz: vós (os samaritanos) adorais o que não conheceis, nós (Jesus e os Judeus) adoramos o que conhecemos, ele se colocou como adorador, ou alguém não ve isto!  Em João 20:17, ele testificar a Maria, que seu pai era seu DEUS, assim como o era pra ela.

“Aqui está.... os que guardam os mandamentos do Eterno e tem a fé do messias”

Os mandamentos são  do PAI, mas  a fé,  tem que ser igual a que o mestre teve, não é a fé no messias, mas do messias, ou seja uma fé nonoteísta.

Conclusão: os adventistas não podem usar este texto para defender sua posição de verdadeira e única! Pois o mestre que deu o exemplo era nonoteísta, e a IASD é politeísta, adoradora de deuses!





 

Quem é capaz de garantir de que lado estava Ellen White ?


"Pelos seus frutos os conhecereis", escreve o leitor defendendo Ellen White.

... e quando os "frutos" são doces na boca e amargos no ventre ?   
 (o "livrinho" de Apocalispe 10)

A volta de Cristo em 1844 era uma mensagem FALSA, é a voz não poderia ter vindo do ceu !
      (mais uma interpretação errada da IASD)


Ellen White alegava inspiração divina para os seus escritos, mas copiava inexcrupulosamente de outros autores !   (quem diz é aprópria IASD)





A tradução desse recorte da revista Ministry é a seguinte:

"Eu tenho que admitir para começar, que no meu julgamento esse é o mais sério problema para enfrentar com referência à dependência literária de Ellen White. Isso atinge o coração da sua honestidade, sua integridade e portanto a sua honradez."


--- Revista "Ministry" -orgão oficial para pastores editado pela Conferência Geral --- Palavra de um perito e professor que analizou e pesquisou durante 8 anos, sob os auspícios da Conferência Geral, o livro Desejado de Todas as Nações.--- 10 pessoas chegaram a trabalhar na equipe do Dr. Fred Veltman, em tempo integral.

Clique aqui para ver onde foi publicado: 
http://www.adventistas.ws/report8.htm


(Ministry - Novembro 1990)
Revista oficial para pastores da Conferência Geral em Silver Spring, MD. USA


Palavras duras que definem o caráter de Ellen White, mas também mostra quem é o Dr. Alberto Timm, Carlos Alberto Ramos, e outros dirigentes da igreja que sabem a verdade, mas são meros fantoches; defendem acima de tudo o seu nome na folha de pagamentos da IASD.   
 


"Veltman Report"
Quem desejar fazer o download “Life of Christ Research Project”  (arquivo enorme)
http://www.adventistarchives.org/documents.asp?CatID=13&SortBy =1&ShowDateOrder=True
As cópias do relatório completo de 2.561 páginas foram distribuídas às bibliotecas das faculdades e universidades adventistas em todo o mundo. O relatório completo, incluindo seu sumário de 100 páginas, também está disponível on-line no website dos Arquivos da Associação Geral. Procure “Life of Christ Research Project” dentro de “Categories” em link à [http://www.adventistarchives.org/].


NOTA: Essa aparente "abertura" foi forçada por termos fotografado e copiado o "Vetman Report" num dia em que o diretor dos arquivos não se encontrava na séde da Conferência Geral.
Foi a última vez que a sua secretária atendeu uma solicitação nossa, sem antes consultar o sr.
Bert Haloviak



Se Ellen White predisse a sua queda, ela mesmo contribuiu para isso acontecer;  a administração a colocou o mais alto que pode, fazendo a sua queda mais espetacular ainda !

Os Adventistas hoje vivem um verdadeiro drama:  160 anos depois...

Outro
Grande Desapontamento !

A própria administração da Igreja Adventista levanta dúvidas sobre a inspiração de Ellen White, e ainda constatamos a inquestionável apostasia da igreja adorando um "Deus" que Roma criou por decreto do Imperdor Constantino: A Trindade.


Leia
(em inglês) o inteiro teor do que a Ministry publicou sobre o White Veltman Report: http://www.truthorfables.com/Desire_of_Ages_Veltman.htm
(A transcrição é fiel, pois antes eu já havia lido diretamente da Ministry --- tenho a cópia)




Veja também: http://www.truthorfables.com/Desire_of_Ages_Veltman.htm

http://www.ellenwhite.org/egw40.htm

e http://www.ellenwhite.org/espanol/egw40.htm




Provavelmente as afirmações mais contundentes do relatório são:
" 2. The content of Ellen White's commentary on the life and ministry of Christ, The Desire of Ages, is for the most part derived rather than original."

" 4. Ellen White used a minimum of 23 sources of various types of literature, including fiction, in her writings on the life of Christ."


Tradução:
Ellen White usou um mínimo de 23 fontes de vários tipos de literatura, incluindo ficção.

O "Desejado" foi mais copiado, do que tem de original.

"Adventist colleges and universities throughout the world received copies of the full report on this in-depth study. All of the Ellen G. White Estate research centers also carry a copy of the final document.
" (copiado do que foi publicado pela Ministry)


Por acaso o Dr. Alberto Timm lhe forneceria uma cópia do VELTMAN REPORT  ?

 
 







70 % de inspiração ainda é muita coisa, para nós que temos zero % de inspiração.
A única dúvida é onde começa e onde termina a inspiração !
Isto é: Onde termina a inspiração e começa o romance de ficção que fazia parte da biblioteca de Ellen White, e que o Dr. Fred Veltman comprovou que foi copiado de forma inveterada.



Uma dúvida cruel recai sobre os escritos de Ellen White !
Onde está o limite entre o que foi inspirado, e o que foi copiado de um romance de ficção ?

A Conferência Geral encomendou e financiou o "VELTMAN REPORT" (meio milhão de dólares) e ainda publicou os resultados na revista Ministry.
(
Ministry, October 1990)

Com a publicação no orgão aficial para ministros, a Igreja Adventista reconheceu oficialmente que Ellen White plagiou mais de 30% do livro Desejado de Todas as Nações.

O parecer juridico do advogado de Direito Autoral,
Vincent L. Ramik que 20 anos depois ainda trabalha para a CG, não tem o peso de uma equipe de 10 pessoas que trabalhou 8 anos numa exaustiva tarefa de comparar com as possíveis fontes em que EGW teria copiado. (não havia muito computador na década dos 80)

O parecer do causídico de Washington
Vincent L. Ramik conclue, que na época não era crime copiar, mas seu parecer não explica o prefácio do livro em que "Ellen White diz ter sido inspirada por Deus vendo as cenas de dor e sofrimento de Jesus na cruz do calvário."

Entre o que foi copiado do romance de ficção, de uma jovem que escrevia cartas para seu pai, (um rico comerciante no Egito) descrevendo as cenas do sacrifício de Cristo, e a visão que Deus teria mostrado as cenas do Golgota à Ellen White, surge uma cruel dúvida !

A administração mostra-se parcial e desonesta ao apenas mostrar o parecer jurídico do causídico
Vincent L. Ramik  e hoje esconder o FRED REPORT. (veja o incidente com Ennis e o Diretor do Arquivo da CG Bert Haloviak, abaixo)

Num detalhe o ilustre causídico de Washington falhou, pois apagar a assinatura do artista numa obra de arte e colocar "Pacific Press - Okland Cal." em qualquer época configurava sempre uma desonestidade e um crime do autor. (aconteceu na primeira edição do livro "The Great Controversy")

Links sobre o Report Veltman:
http://www.alvorada.us/report15.htm


Fotos tiradas por Ennis Meier em dia em que o Diretor do arquivo Bert Haloviak, havia saido e a secretária inadvertidamente trouxe do cofre forte os volumes do "Veltman Report" para serem examinados e fotografados. --- A secretaria dalí por diante não atendeu mais Ennis sem consultar primeiro o seu chefe Bert Haloviak.
Num dia seguinte,
o Diretor Bert Haloviak negou a Ennis examinar até o parecer jurídico de Vincent L. Ramik que está publicado no website da Conferência Geral, e em tudo que é White Center !


Veltman Report :
(relatório original, fotos de Ennis Meier)


            

Trata-se de trabalho pericial encomendado pela Conferência Geral, que durou 8 anos e custou meio milhão de dólares. Cerca de 10 pessoas trabalharam no projeto dirigido pelo Dr. Fred Veltman.
Pela profundidade e seriedade do trabalho, com o aval da Conferência Geral, não há quem possa contestar a palavra do Ph D. Fred Veltman.

As extensivas cópias de Ellen White, (sem se referir à origem --- 30% no livro O Desejado) foram como que oficialmente reconhecidas como imorais, valendo o critério para qualquer época.

É inutil afirmar que naquele tempo se copiava tudo, pois trocar o nome do artista de uma gravura para obter lucro, sempre foi um furto.



 


          Essa acusação da Igreja Adventista contra o papado é furada !

  "VICARIUS FILII DEI" = 664

Não há provas verificáveis que o papado tenha usado esse título.
A descrição do Apocalipse é da "besta que emerge da terra".
n    A conta está errada !    ---  "Vicarius Filii Dei" não dá 666, e sim 664


O número 666 se refere "a besta que emerge da terra", (protestantismo)
o que leva a concluir estar errada a interpretação Adventista, atribuindo
ao papado o número 666.


A besta que emerge do mar está descrita entre os versos 1-10 do capítulo 13 do Apocalipse
A besta que emerge da terra está descrita entre os versos 11 a 18 do mesmo capítulo. (onde se
encontra a referência ao 666)



Independente de provas do papado ter usado ou não, o título "Vicarius Filii Dei"

"VICARIUS FILII DEI" = 664

Na frase em latim acima, encontramos letras, e grupos de letras que tem significado em algarismos
romanos.
Também encontramos letras e grupos de letras que não tem significado algum.

Na palavra
"VICARIVS"  encontramos o grupo de letras IV que possue o valor numérico igual
ao 4 em nosso sistema hindu-arábico decimal.
O
I antes do V significa que um deve ser subtraido do cinco.
Desmembrar essas letras, é ignorar as regras dos algarismos romanos, e numa soma,
em vez de 4 teriamos 6.

Não há mistura de critérios:
Mistura de critérios, seria considerar alguns símbolos numéricos que aparecem no texto latino, e
ignorar outros.



Encontramos uma única e precária prova do "Vicarius Filii Dei", assim mesmo contestada na sua
autenticidade.  
http://www.adventistas.ws/vicarius.htm









Samuele Bacchiocchi
, professor aposentado da Andrews University,
aparentemente estaria destruindo a maior arma dos Adventistas contra a
igreja Católica: 666

clique  (cópia do original e tradução para o português)

A fonte:  
www.biblicalperspectives.com
 
A exposição do Ilustre professor não é muito brilhante, mas tem o mérito de levantar a questão, e
contribue com informações interessantes.
  Se apóia em argumentos fracos, e as suas conclusões
são confusas, ressaltando haver uma trindade do mal, que se opõe a uma trindade verdadeira.









Apocalipse 13:18 trata-se um convite para pensar
(razão pela qual, não vemos fanatismo procurar entender a profecia)

 
(copiado da Newletter Nº145 do Professor Samuelle Bacchiocchi)
"2) Inicialmente, alguns pioneiros adventistas, incluindo J. N. Andrews, acreditavam que o número 666 da besta era composto de aproximadamente 666 seitas protestantes que aceitaram o ensino e au
toridade da Igreja Católica."





O requisito número 1 para uma igreja pertencer a WCC é ser trinitariana.   Apoc.13:17 ---- a "marca de besta".
(Concílio Mundial de Igrejas) --- Embora a igreja Católica até agora tenha declinado do convite para pertencer a WCC.






(repetindo o que escrevemos em nosso website faz vários anos, sem nunca ter lido o que J.N.Andrews havia concluido)

Ao nosso ver, o sinal de Deus é "guardar os mandamentos de Deus e ter a fé de Jesus".

O marca (imagem) da besta é a Trindade.

"Não poder comprar nem vender"
, significaria a implementação de uma proibição que já existe em muitos paises, de uma religião não poder exercer a sua atividade, sem ser filiada ao WCC, (Concílio Mundial de Igrejas) que por sua vez exige que a igreja seja trinitariana. (leis estabelecidas contra os cultos perigosos)
Essas leis contra cultos perigosos, já existem na França, Rússia, e em vários outros paises.

O termo bíblico "comprar e vender" é muito apropriado, pois as religiões (inclusive a Adventista) não passam de empreendimentos comerciais, onde se vende a salvação em troco de dízimos e ofertas. (Apoc.13:17)  A "marca da besta" é a obrigatoriedade de serem trinitarianas.

A salvação, a saúde, e o sucesso financeiro, tornaram-se
mercadorias oferecidas nas igrejas, em troca de dinheiro !


Nota: A IASD por não ser membro declarado da WCC, (embora seja igreja trinitariana, e apenas "observador" e contribuinte financeiro do WCC) tem encontrado muita dificuldade em se adaptar à nova legislação de alguns paises.
O Tratado de Amizade com a Igreja Católica celebrado na Polônia, teve muito significado para a IASD, porque é reconhecida como igreja, e não como uma seita.

No website do WCC em nota diz (ou dizia até pouco tempo) que há religiões que são contribuintes e atendem as convocações, mas não são membros declarados por causa dos grupos mais conservadores entre seus membros.


Pergunta-se:  As religiões filiadas a WCC são, ou serão 666  ?

Ou, 666 seria meramente uma forma figurada e indefinida para expressar um número exagerado ?   (assim como "n" significa quantidade)



 


Os mesmos homens que censuraram o livro de Urias Smith, para parecer trinitariano, colocaram no livro uma foto fraudulenta da coroa do papa !   


"7) Uma das impressionantes fotografias da coroa papal enviadas por Everson para a Conferência Geral, foi modificada por um artista adventista que adicionou as palavras Vicarius Filli Dei na coroa de ouro. A Southern Publishing Association usou esta “doutorada” fotografia da coroa papal na edição revisada de Daniel e Apocalipse de autoria de Urias Smith. Quando confrontada com a prova incriminadora, a Conferência Geral ordenou que parassem imediatamente a impressão de qualquer cópia do livro, até que a fotografia fraudulenta fosse removida. " ---  Samuele Bacchiocchi. - Professor aposentado da Andrews University.



Sem discutir o mérito da interpretação do 666 do Apocalipse, é bom você ler o que o Professor Samuele Bacchiocchi apresenta.
Pelo menos sugere haver outras doutrinas sem base bíblica, como a doutrina da Trindade, dízimo, profissão de fé em Ellen White, o título divino de Ellen White, reconhecer batismo de igrejas idólatras e de exorcismo,  ... e vai por aí a fora !

 



A DEFINIÇÃO DA RELIGIÃO PURA E SEM MÁCULA:

“A religião pura e sem mácula, para com o nosso Deus e Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas
suas tribulações e a si mesmo guardar-se incontaminado do mundo” Tiago 1:27.

Se o dízimo fosse uma obrigatoriedade no Novo Concerto, na definição da "religião pura e sem
mácula" incluiria também o dízimo.


Em outras palavras:  Deixar de recolher dízimo para alguma organização, não constitue mácula para
a religião pura.

Isto não significa negligência no dever de contribuir para a causa do evangelho.
Porém, Jesus convocou discípulos, e não financiadores.




O MONSTRO ADMINISTRATIVO QUE LEVA 90% DO DINHEIRO !

Hoje, 90% dos batismos, são resultado do trabalho exclusivo dos membros das igrejas locais.

90 % das igrejas não tem pastor, sendo que um distrital passa a cada tantas semanas.
 
90% do dinheiro recolhido vai para a organização. Os membros tem que comprar até os  folhetos
para distribuir.


90% do dinheiro arrecadado não fica na igreja local e serve apenas para administrar a igreja virtual.
Menos de 10% é efetivamente usado no evangelismo e em benefícios das igrejas.
Segundo o Year Book, (livro oficial da igreja) existem 3,5 obreiros para cada igreja no mundo.
Porém, apenas 5% estão efetivamente nas igrejas.

Há alguém capaz de contestar a minha matemática ?


 

 
É verdade, que o Bufallo de 30 toneladas foi doado pela Força Aérea Americana, mas em vez gastarem dezenas de milhares de dólares aumentando a pista da Andrews para operar esse tipo de aeronave, deveriam ter enviado o Bufallo para África e outras zonas de desastre, onde os suprimentos carecem de transporte.

O sonho megalomaníaco de um Presidente da Conferência Geral que tinha um avião de 10 passageiros, particular de sua propriedade, que custa mais de 1 milhão de dólares)
http://adventistas.ws/aviao.htm


 
Leo Ranzolin, antes de se aposentar era o "Chairman" do projeto de aviação, para formar pilotos para a United Airlines, American Airlines, Delta, etc.

Milhões de dólares foram invertidos nesse mirabolante
"campo  missionário" para ajudar as debilitadas companhias aéreas americanas !

Onde desfila a elite da Igreja Adventista


O novo teatro musical de 15 milhões de dólares.
(não é uma sala de cultos, a igreja é em outro lugar)
http://howard.andrews.edu/

Construido com campanhas até pela Internet !
 


Faça um tour virtual

http://howard.andrews.edu/about/tour/stage/

Aperte o botão da esquerda e deeslise o mouse para girar 360 graus o auditório.

As entradas são pagas e podem chegar a mais de 50 dólares por pessoa.

Falam de uma doação de um bilionário da igreja, para diminuir o impacto da "estravaganza". --- Talvez uma parte, pois abriram uma campnha de doações para a construção, inclusive pela Internet !


 
 Mais de 5 mil variantes no Novo Testamento, confirma o Bible Institute da Conferência Geral. ---
textos bíblicos que um não concorda com o outro.
Surgem as questões: Qual é o certo ?  A minha Bíblia mostra o que está certo ou o que está errado ? Como os tradutores ficam sabendo qual é o errado ?


                      http://www.adventistbiblicalresearch.org/preguntasbiblicas/textobiblicoconfiable.htm